McDonnell Douglas FH-1 Phantom

McDonnell FH Phantom

País Eua
Papel Aviões de caça baseados em porta-aviões
Primeiro voo 26 de janeiro de 1945
Construído 62

O McDonnell FH Fantasma foi um caça bimotor a jato projetado e voou pela primeira vez durante a Segunda Guerra Mundial para a Marinha dos Estados Unidos. O Phantom foi a primeira aeronave puramente movida a jato a pousar em um porta-aviões americano e o primeiro jato implantado pelo Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos. Embora com o fim da guerra, apenas 62 FH-1s foram construídos, isso ajudou a provar a viabilidade de caças a jato baseados em porta-aviões. Como o primeiro caça de sucesso de McDonnell, levando ao desenvolvimento do F2H Banshee, que foi um dos dois caças navais mais importantes da Guerra da Coreia, também estabeleceria McDonnell como um importante fornecedor de aeronaves da Marinha. Quando McDonnell optou por trazer o nome de volta com o McDonnell Douglas F-4 Phantom II da classe Mach 2, lançou o que se tornaria a aeronave de combate ocidental mais versátil e amplamente utilizada da era da Guerra do Vietnã, adotada pela USAF e pela Marinha dos EUA

Fonte: McDonnell FH Phantom na Wikipédia
McDonnell Douglas FH-1 Phantom Walk Around
Fotógrafo Cees Hendriks
Localização Desconhecido
Fotos 24
Aguarde, Procurando McDonnell FH Phantom para você...

Encontre kits no eBay:

Pesquisa no eBay
Procure o que você precisa, sugerimos isso, mas é você quem decide

Veja também:

Segunda Guerra Mundial: A História Visual Definitiva da Blitzkrieg à Bomba Atômica (DK Definitive Visual Histories) - Amazon Segunda Guerra Mundial: Mapa por Mapa (DK, História, Mapa por Mapa) - Amazônia

Mais informações:

O McDonnell FH Fantasma was a twinjet fighter aircraft designed and first flown during World War II for the United States Navy. It was the first jet-powered aircraft to operate from an American aircraft carrier, and the first jet fighter to serve with both the US Navy and the US Marine Corps. The Phantom was a remarkable technological achievement, demonstrating the feasibility and potential of naval jet aviation.
O Phantom tinha dois motores turbojato Westinghouse montados nas raízes das asas, o que lhe dava uma aparência elegante e simplificada. O cockpit tinha um dossel de bolha que oferecia excelente visibilidade para o piloto. O nariz abrigava quatro metralhadoras de 12,7 mm, e as asas podiam transportar oito foguetes ou um tanque de queda. O Phantom tinha trem de pouso triciclo, que elevou a cauda e evitou que o escapamento quente danificasse o convés do porta-aviões.
O Phantom fez seu primeiro voo em 26 de janeiro de 1945, com apenas um motor instalado. O segundo motor foi adicionado logo depois, e o primeiro protótipo realizou seu primeiro pouso e decolagem em 21 de julho de 1946, a bordo do USS Franklin D. Roosevelt. A Marinha encomendou 100 aeronaves de produção, mas reduziu o número para 60 após o fim da guerra. A primeira produção Phantom voou em outubro de 1946, e entrou em serviço em julho de 1947. O esquadrão VF-17 foi o primeiro a operar o Phantom a partir de um porta-aviões, a bordo do USS Saipan em maio de 1948.
The Phantom was soon surpassed by more advanced jet fighters, such as the Mcdonnell F2H Banshee and the Grumman F9F Panther. It was retired from active service in 1954, after only seven years of operation. However, it paved the way for future generations of naval jet fighters, and established McDonnell as a leading manufacturer of navy aircraft. The Phantom’s name was revived by McDonnell for its famous F-4 Phantom II, which became one of the most successful and versatile combat aircraft of all time.

Views : 1995

Os comentários estão fechados.