BMD-1

BMD-1

PaísUnião Soviética
TipoVeículo de combate de infantaria anfíbio transportado pelo ar
Período1969-presente
ConstruídoDesconhecido

O BMD-1 É um veículo de combate de infantaria anfíbio soviético, que foi introduzido em 1969 e visto pela primeira vez pelo Ocidente em 1970. BMD significa Boyevaya Mashina Desanta (Боевая Мацина Десанта, literalmente "Veículo de Combate do Aerotransportado"). Ele pode ser derrubado por paraquedas e embora se assemelhe ao BMP-1 é de fato muito menor. O BMD-1 foi usado como ifv pelas divisões aéreas do Exército Soviético. Uma variante melhorada do BMD-1 foi desenvolvida, o BMD-2. O BMD-1 também forneceu uma base para o APC rastreado multiuso btr-d.

Fonte: BMD-1 no Wiki

BMD-1 Anda por aí
FotógrafoDesconhecido
LocalizaçãoDesconhecido
Fotos28
Espere, procurando fotos BMD-1 para você...
BMD-1 Walk Around
FotógrafoDesconhecido
LocalizaçãoDesconhecido
Fotos67

Kits relacionados:

Zvezda 3559
BMD-1
Zvezda
3559
1:35
Kit completo
Clic para pesquisa

Encontre kits no eBay:

Pesquisa no eBay
Procure o que você precisa, sugerimos isso, mas é você quem decide

Veja também:

Segunda Guerra Mundial: A História Visual Definitiva da Blitzkrieg à Bomba Atômica (DK Definitive Visual Histories) - Amazon Segunda Guerra Mundial: Mapa por Mapa (DK, História, Mapa por Mapa) - Amazônia

Mais informações:

O BMD-1 is a Soviet airborne amphibious tracked infantry fighting vehicle, which was introduced in 1969 and first seen by the West in 1970. It was designed to support the Soviet airborne forces (VDV) as a rapid deployment force. The acronym BMD stands for Boyevaya Mashina Desanta (Боевая Машина Десанта), which literally translates to “Combat Vehicle of the Airborne”.
O BMD-1 tem um casco de armadura de alumínio soldado, que fornece proteção contra fogo de armas pequenas e fragmentos de projéteis. Ele pode ser lançado de paraquedas de aeronaves de carga militares e é totalmente anfíbio. Tem uma tripulação de dois (motorista e artilheiro) e pode transportar seis soldados, incluindo o comandante e o metralhador.
O BMD-1 é armado com um canhão semiautomático de baixa pressão 2A28 "Grom" de 73 mm, que pode disparar tiros antitanque de alto explosivo (HEAT) e de fragmentação de alto explosivo (HE-FRAG). Ele também tem um lançador para o míssil guiado antitanque 9M14M Malyutka (AT-3 Sagger) (ATGM), que pode ser substituído por modelos mais recentes, como o 9M113 Konkurs (AT-5 Spandrel) ou o 9M111 Fagot (AT-4 Spigot). O BMD-1 também tem três metralhadoras PKT de 7,62 mm, uma coaxial com o canhão principal e duas no casco dianteiro. Um lançador automático de granadas AGS-17 de 30 mm pode ser montado em um tripé para uso desmontado.
O BMD-1 é alimentado por um motor diesel 5D-20 de 6 cilindros, que desenvolve 240 cv. Tem uma velocidade máxima de estrada de 80 km/h e uma velocidade cross-country de 45 km/h. Pode nadar a 10 km/h com o mínimo de preparação. Tem um alcance operacional de 600 km na estrada e 116 km na água. Tem uma distância ao solo ajustável de 100 a 450 mm e pode superar vários obstáculos, como trincheiras, degraus e declives.
O BMD-1 was used by the Soviet Army’s airborne divisions and exported to several countries such as Cuba, India, Iran and Iraq. It saw combat in various conflicts such as the Soviet-Afghan War, the Iran-Iraq War, the First Chechen War and the Nagorno-Karabakh War. It was later replaced by the improved BMD-2 and BMD-3 models, but some are still in service with some former Soviet republics and other operators.

Views : 2506

Os comentários estão fechados.